VIAFARMA - BLOG DA VIA

Quais suas chances de ter gota ?


Assim como outras doenças, a gota também está relacionada ao que consumimos, neste caso, quando consumimos alimentos ricos em proteínas o organismo forma uma substãncia chamada de purina, metabolizada pelo figado e transformada em ácido úrico. Quando o nivel deste elemento se encontra elevado, ocorre a deposição de cristais de ácido úrico nos tecidos e isso pode causar a gota.

Porém algumas pessoas mesmo com esse nivél elevado não desenvolvem a doença, o motivo pode ser uma diferença genética, de acordo com o site VIVABEM foi o que apontou um estudo  publicado pela revista HUMAN MOLECULAR GENETICS.

No decorrer da pesquisa nota- se que o gene PDZK1 auxilia a eliminar o urato através do rim e intestino, evitando a formação dos cristais da gota. Uma alteração genética ao lado desse gene pode prejudica-lo causando alteração na quantidade de gene produzido. Julia Horsfild, uma das autoras do estudo explica "Nossos resultados identificaram um novo caminho molecular para a gota, permitindo uma compreensão do motivo pelo qual há risco da doença em pacientes com essa variante genética específica".

[caption id="attachment_4221" align="alignleft" width="415"] Gota no pé[/caption]

Ela diz também que existem regiões no genoma humano com sinais que aumentam os níveis de urato no sangue, porém muitos desses pontos estão fora dos genes, ainda não se sabe como pode controlar a quantidade de ácido úrico e o risco de gota ou doença renal.

Saber como a variação genética contribui para essa e outras doenças pode futuramente, determinar o tratamento para cada pessoa.